Cultura de segurança do paciente entre profissionais de Enfermagem em um hospital filantrópico de Minas Gerais

Palabras clave: Segurança do Paciente, Cultura Organizacional, Avaliação em Enfermagem, Enfermagem

Resumen

Resumo:

 Introdução: Diferentes iniciativas têm sido realizadas com vistas à melhoria da qualidade do cuidado e segurança do paciente no Brasil. Contudo, o cumprimento dessas normas como uma série de requisitos parece não corresponder à real incorporação de mudanças e melhoria na segurança. Objetivos: Avaliar a cultura de segurança do paciente em um hospital filantrópico de Minas Gerais, observando, ainda, possíveis diferenças por turnos de trabalho, diurno e noturno. Métodos: Trata-se de um estudo observacional do tipo transversal. A população de estudo foi constituída por profissionais de Enfermagem atuantes nessa instituição filantrópica. Para a avaliação da cultura de segurança foi utilizado o Inquérito Hospitalar sobre Cultura de Segurança do Paciente (HSOPSC), criado pela Agency for Healthcare Research and Quality (AHRQ), validado, traduzido e adaptado transculturalmente no Brasil. Na análise e interpretação dos dados foram seguidas as orientações da AHRQ, sendo observadas dimensões fortalecidas e fragilizadas. Este trabalho foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: Foram incluídos 118 participantes no estudo, sendo 17,2% desse total enfermeiros e o restante técnicos de Enfermagem. Nenhuma dimensão da cultura de segurança foi identificada como fortalecida na instituição. Foram consideradas como áreas frágeis: a “abertura à comunicação”, o “trabalho em equipe entre as unidades hospitalares”, a “adequação de pessoal”, as “mudanças de turno e transição entre as unidades”, e as “respostas não punitivas aos erros”. Em algumas dimensões foram observadas diferenças por turno de trabalho, diurno e noturno. Conclusão: A análise da cultura de segurança nesse hospital pode contribuir para um melhor direcionamento de condutas com vistas a garantir uma assistência mais segura.

Como citar este artigo: Magalhães, Eduarda Vieira; de Paiva, Fernanda Oliveira; Alves, Maria Eduarda Soares; de Almeida, Meire Cavalieri. Cultura de segurança do paciente entre profissionais de Enfermagem em um hospital filantrópico de Minas Gerais. Revista Cuidarte. 2021;12(3): e1990. http://dx.doi.org/10.15649/cuidarte.1990

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Eduarda Vieira Magalhães, Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora – Suprema

Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora – Suprema. Juiz de Fora – MG, Brasil

Fernanda Oliveira de Paiva, Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora – Suprema

Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora – Suprema. Juiz de Fora – MG, Brasil.

Maria Eduarda Soares Alves, Faculdade de ciências médicas e da saúde de Juiz de Fora

Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora – Suprema. Juiz de Fora – MG, Brasil.

Meire Cavalieri de Almeida, Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora – Suprema

Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora – Suprema. Juiz de Fora – MG, Brasil

Citas

Attewell A. Prospects: The quarterly. Review of Comparative Education. The evaluation of education systems: the view at the end of the 1990s. 1998; 28(1): 153-66. http://www.ibe.unesco.org/sites/default/files/resources/prospects-105_eng.pdf

Trindade L, Lage MJ. A perspectiva histórica e principais desenvolvimentos de segurança do paciente. Segurança do paciente: conhecendo os riscos nas organizações de saúde. v. 1. Rio de Janeiro, Fiocruz;EAD, 2014. p.39-56. https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/lil-762370

Kohn LT, Corrigan JM, Donaldson MS. Institute of Medicine (US) Committee on Quality of Health Care in America. To Err is Human: Building a Safer Health System. Washington (DC): National Academies Press (US). 2000. PMID: 25077248. https://doi.org/10.17226/9728

Mendes W, Martins M, Rozenfeld S, Travassos C. The assessment of adverse events in hospitals in Brazil. International Journal for Quality in Health. Care 2009; 21:279-84. https://doi.org/10.1093/intqhc/mzp022

Reis AT, Silva CRA. Segurança do paciente. Cad. Saúde Pública. 2016; 32:3. https://doi.org/10.1590/0102-311XRE020316

Ministério Saúde. Documento de referência para o Programa Nacional de Segurança do Paciente. Acessado em: (10/04/2019). http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/documento_referencia_programa_ nacional_seguranca.pdf.

Reis CT, Paiva CG, Souza P. The patient safety culture: a systematic review by characteristics of Hospital Survey on patient Culture dimensions. Int J Qual Health Care. 2018; 30(9): 660-77. https://dx.doi.org/10.1093/intqhc/mzy080

Nascimento JC, Draganov PB. History of quality of patient safety. Hist enferm Rev eletrônica. 2015; 6(2): 299-309. http://here.abennacional.org.br/here/seguranca_do_paciente.pdf

Batalha EMSS, Melleiro MM. Patient safety culture in a teaching hospital: differences in perception existing in the different scenarios of this institution. Texto e Contexto-Enfermagem. 2015; 24(2): 432-41. https://doi.org/10.1590/0104-07072015000192014

Reis CT, Laguardia J, Martins M. Translation a cross – cultural adaptation of the Brazilian version of the Hospital Survey on Patient Safety Culture: initial stage. Cad Saúde Pública 2012; 28(11): 2199-210. https://doi.org/10.1590/S0102-311X2012001100019

Reis CT, Paiva SG, Sousa P. The patient safety cultive: a systematic review by characteristics of hospital survey on patient safety culture dimensions. Int J Qual Health Care. 2018; 30(9): 660-77. https://doi.org/10.1093/intqhc/mzy080

Sora JS, Nieva VF. Hospital survey on patient safety culture. (Prepared by Westat, under Contract No. 290-96-0004). AHRQ Publication No. 04-0041. Rockville, MD: Agency for Healthcare Research and Quality. September 2004.

Reis CT, Laguardia J, Vasconcelos AGG, Martins M. Reliability and validity of the Brazilian version of the Hospital Survey on Patient Safety Culture (HSOPSC): a pilot study. Cad Saúde Pública. 2016; 32(11): 01-10. https://doi.org/10.1590/0102-311x00115614

Agency for Healthcare Research and Quality. Hospital Survey On Patient Safety Culture. Hospital Survey on Patient Safety Culture: User's Guide (ahrq.gov). Acessado em: 15/10/2019.

Reis CT. A cultura de segurança do paciente: validação de um instrumento de mensuração para o contexto hospitalar brasileiro. Rio de Janeiro. Tese [Doutorado em Saúde Pública] – Fundação Oswaldo Cruz. Repositorio Institucional da Fiacrz. 2013. https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/14358

Al-Mandhari A, Al-Zakwani I, Al-Kindi M, et al. Patient safety culture assessment in Oman. Oman Med J. 2014; 29: 264-70. https://doi.org/10.5001/omj.2014.70

Pinheiro MP, Junior OCS. Avaliação da cultura de segurança do paciente na organização hospitalar de um hospital universitário. Revista Eletrônica Trimestral de Enfermería. 2017; 45: 326-36. https://scielo.isciii.es/pdf/eg/v16n45/pt_1695-6141-eg-16-45-00309.pdf

Abreu IM, Rocha RC, Avelino FVSD, Guimarães DBO, Nogueira LT, Madeira MZA. Cultura de segurança do paciente em centro cirúrgico: visão da enfermagem. Rev Gaúcha Enferm. 2019; 40(esp): 2-6. https://doi.org/10.1590/1983-1447.2019.20180198

Needleman J, Shehekelle PG. More ward nursing staff improves inpatient outcomes, but how much is enough?. BMJ Quality & Safety. 2019; 28(8): 603-5. https://doi.org/10.1136/bmjqs-2018-009266

Griffiths P, Maruotti A, Recio Saucedo A, Redfern OC, Ball JE, Briggs J, et al. Nurse staffing, nursing assistants and hospital mortality: retrospective longitudinal cohort study. BMJ Quality & Safety. 2019; 28 (8): 609-17. https://doi.org/10.1136/bmjqs-2018-008043

Reis GAX, Oliveira JLC, Ferreira AMD, Vituri DW, Marcon SS, Matsuda LM. Dificuldades para implantar estratégias de segurança do paciente: perspectivas de enfermeiros gestores. Rev Gaúcha Enferm. 2019; 40(spe): e20180366. https://doi.org/10.1590/1983-1447.2019.20180366

Paese F, Sasso GTMD. Cultura de segurança do paciente na atenção primária. Texto Contexto Enferm. 2013; 22(2): 302-10. https://doi.org/10.1590/S0104-07072013000200005

Hughes LC, Chang Y, Mark BA. Quality and strength of patient safety climate on medical –surgical units. Health Care Management Review. 2012. 42(10): 19-28. https://doi.org/10.1097/01.HMR.0000342976.07179.3a

Reis CT, Laguardia J, Vasconcelos AGG, Martins M. Reliability and validity of the Brazilian version of the Hospital Survey on Patient Safety Culture (HSOPSC): a pilot study. Cad. Saúde Pública. 2016; 32(11): 1-13. https://doi.org/10.1590/0102-311x00115614

Fassarella CS, et al. Indicador organizacional da cultura de segurança em hospital universitário. Rev enferm UERJ. 2019. 27: e34073. https://doi.org/10.12957/reuerj.2019.34073

Sine DM, Northcutt AND. Interactive qualitative assessment of patient safety culture survey scores. J Patient Saf . 2008. 4: 78-83. https://doi.org/10.1097/PTS.0b013e3181730322

Blegen MA, Gearhart S, O’Brien R et al. AHRQ Hospital Survey on Patient Safety Culture: psychometric analyses. J Patient Saf. 2009; 5: 139-44. https://doi.org/10.1097/PTS.0b013e3181b53f6e

Al-Mandhari A, Al-Zakwani I, Al-Kindi M, et al. Patient safety culture assessment in Oman. Oman Med J. 2014; 29: 264-70. https://doi.org/10.5001/omj.2014.70

Abreu IM, Rocha RC, Avelino FVSD, Guimarães DBO, Nogueira LT, Madeira MZA. Cultura de segurança do paciente em centro cirúrgico: visão da enfermagem. Rev Gaúcha Enferm. 2019; 40(spe): e20180198. https://doi.org/10.1590/1983-1447.2019.20180198

Publicado
2021-09-10
Cómo citar
1.
Magalhães EV, de Paiva FO, Alves MES, de Almeida MC. Cultura de segurança do paciente entre profissionais de Enfermagem em um hospital filantrópico de Minas Gerais. Rev Cuid [Internet]. 10 de septiembre de 2021 [citado 28 de septiembre de 2021];12(3). Disponible en: https://revistas.udes.edu.co/cuidarte/article/view/1990
Sección
Artículos de Investigación