Representações sociais de mulheres sobre cateterização venosa para procedimento anestésico-cirúrgico

Palabras clave: Saúde da Mulher, Cateterismo Periférico, Centros Cirúrgicos, Psicologia Social, Teoria de enfermagem

Resumen

 

Introdução: A cateterização venosa é essencial para procedimentos anestésico-cirúrgicos, com características compatíveis com estabilidade, volume de fluxo em curtos espaços de tempo e grosso calibre a fim de evitar trauma vascular. Objetivo: Identificar as representações sociais de mulheres sobre punção venosa para fins anestésico-cirúrgicos à luz dos estressores de Neuman. Materiais e métodos: Estudo qualitativo por abordagem estrutural das representações sociais realizada em um serviço de cirurgia, Brasil. Amostra de seleção completa (n=180) com delineamento temporal composta por mulheres (idade ≥18 anos) submetidas à punção venosa durante procedimentos anestésico-cirúrgicos. Utilizou-se técnica de evocação livre de palavras com o termo indutor “pegar veia para anestesia e cirurgia”. Realizou-se análise prototípica empregando o software EVOC2003. Os requisitos ético-legais foram atendidos. Resultados: As mulheres tinham de 20 a 39 anos (63%) e 10 a 13 anos de escolaridade (56,1%). No possível núcleo central constam sentimentos (“dor” e “medo-sem-medo”) em oposição à área de contraste “(in)certeza-habilidade-profissional” e “tranquila-fácil” e com elementos objetivados superativados alocados na primeira periferia, retratando estressores intrapessoais, interpessoais e extrapessoais. Discussões: A dor, enquanto objeto representacional, remeteu à função justificadora quando aproximada da agulha, reafirmando o surgimento de medo, nervosismo e da ansiedade (estressores). Conclusões: Dor, medo, ansiedade e nervosismo foram estressores identificados nas representações sociais que necessitam ser monitorados terapeuticamente por meio de relações interpessoais de confiança entre profissional-usuário, aliando a performance do desempenho, sendo necessário inserir a educação permanente para profissionais que puncionam vasos.

Como citar este artigo: Dutra, Herica Silva; Sena, Cristina Arreguy; Ribeiro, Fernando Cordeiro; Braga, Luciene Muniz; Krempser, Paula; Melo, Laércio Deleon de.  Representações sociais de mulheres sobre cateterização venosa para procedimento anestésico-cirúrgico. Revista Cuidarte. 2022;13(1):e1258. http://dx.doi.org/10.15649/cuidarte.1258   

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Herica Silva Dutra, Universidade Federal de Juiz de Fora. Juiz de Fora, Brasil.

Doutoranda em Enfermagem, Mestre em Saúde Coletiva, Professora Adjunta da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Juiz de Fora. Juiz de Fora, Brasil. 

Cristina Arreguy-Sena, Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Faculdade de Enfermagem da UFJF (Facenf-UFJF), Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Juiz de Fora, Brasil.

Fernando Cordeiro Ribeiro, Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Faculdade de Enfermagem da UFJF (Facenf-UFJF), Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Juiz de Fora, Brasil.

Luciene Muniz Braga, Universidade Federal de Viçosa (UFV)

Universidade Federal de Viçosa (UFV), Departamento de Enfermagem e Medicina. Viçosa, MG - Brasil.

Paula Krempser, Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Faculdade de Enfermagem da UFJF (Facenf-UFJF). Juiz de Fora, MG - Brasil

Laércio Deleon de Melo, Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Faculdade de Enfermagem da UFJF (Facenf-UFJF), Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Juiz de Fora, Brasil

Citas

Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde. Política nacional de atenção integral à saúde da mulher: princípios e diretrizes. Brasília: Ministério da Saúde; 2004. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nac_atencao_mulher.pdf

Santos ML, Novaes CO, Iglesias AC. Epidemiological profile of patients seen in the pre-anesthetic assessment clinic of a university hospital. Rev. Bras. Anestesiol. 2017; 67(5): 457-67. https://doi.org/10.1016/j.bjane.2017.04.006

Arreguy C, Melo LD, Braga LM, Krempser P, Lemos RCPB, Lopes DP. Punção de veias periféricas em adultos hospitalizados: método misto sequencial aninhado. Enferm Bras. 2019; 18(6): 775-783. https://doi.org/10.33233/eb.v18i6.3255

Braga LM, Salgado P, Souza C, Prado PP, Prado MRM, Melo MN et al. O modelo de Betty Neuman no cuidado ao doente com cateter venoso periférico. Rev. Enf. 2018; serIV(19): 159-167. https://doi.org/10.12707/RIV18029

Neuman B, Lowry L. The Neuman System’s Model and the Future. The Neuman systems model. London: Pearson Education; 2011.

Abric JC. Prácticas sociales y representaciones. 13ª ed. México: Coyoacán;

Sá CP. Estudos de psicologia social: história, comportamento, representações e memória. Rio de Janeiro: EdUerj. 2015.

Tong A, Sainsbury P, Craig J. Consolidated criteria for reporting qualitative research (COREQ): a 32-item checklist for interviews and focus groups. Int J Qual Health C. 2007: 19(6); 349-57. https://doi.org/10.1093/intqhc/mzm042

Minayo MC. Amostragem e saturação em pesquisa qualitativa: consensos e controvérsias. Rev Pesquisa Qualit. 2017; 5(7): 01-12. https://editora.sepq.org.br/rpq/article/view/82

Costa LA, Fernández S. A variação denominativa explícita na lexicografia no Brasil: pressupostos para a organização microestrutural do Dicionário de Lexicografia Brasileira. Ibérica. 2018; (36): 93-118. file:///D:/_Datos%20de%20Usuario/Descargas/Dialnet-AVariacaoDenominativaExplicitaNaLexicografiaNoBras-6641091.pdf

Mello I, Barbosa KM, Dantas JA, Ducineli R. 25 anos de publicação em auditoria: análise bibliométrica sob o ponto de vista da Lei de Lotka, Lei de Zipf e Ponto de Transição (T) de Goffman. Revista de Estudos Contábeis. 2017; 8(15): 45-65. https://www.researchgate.net/publication/324731090_25_anos_de_publicacao_em_auditoria_analise_bibliometrica_sob_o_ponto_de_vista_da_Lei_de_Lotka_Lei_de_Zipf_e_Ponto_de_Transicao_T_de_Goffman

Dalla Costa L, Cura CC, Perondi AR, França VF, Bortoloti DS. Perfil epidemiológico de gestantes de alto risco. Cogitare Enferm. 2016; 21(2): 01-08. http://dx.doi.org/10.5380/ce.v21i2.44192

Gorski L, Hadaway L, Hagle ME, Broadhurst D, Clare S, Kleidon T, et al. Infusion therapy standards of practice. J Infus Nurs. 2016; 39 (1S). https://journals.lww.com/journalofinfusionnursing/Citation/2021/01001/Infusion_Therapy_Standards_of_Practice,_8th.1.aspx?context=LatestArticles

Kim Y, Lee S, Park H, Sohng K, Kim S. Development of evidence-based nursing practice guidelines for peripheral intravenous catheter management in hospitalized children and adult. Int J Stud Nurs. 2017; 3(1): 82-105. https://doi.org/10.20849/ijsn.v3i1.309

Salgueiro A, Basto M, Braga L, Arreguy C, Melo M, Parreira PM. Nursing practices in peripheral venous catheter: phlebitis and patient safety. Texto contexto - enferm. 2019; 28: e20180109. https://doi.org/10.1590/1980-265X-TCE-2018-0109

Gorski LA. Phillips's Manual of IV Therapeutics: Evidence-Based Practice for Infusion Therapy. 7th ed. Philadelphia, FA Davis; 2018.

Nobre AS, Martins MD. Prevalência de flebite da venopunção periférica: fatores associados. Rev. Enf. Ref. 2018; serIV(16): 127–38. https://doi.org/10.12707/RIV17058

Rickard CM, Ray G. Peripheral intravenous catheter evaluation: beyond phlebitis. Lancet Hematol.2017; 4(9): e402-e403. https://doi.org/10.1016/S2352-3026(17)30145-X

Bodenham A, Babu S, Bennett J, Binks R, Fee P, Fox B et al. Association of Anaesthetists of Great Britain and Ireland: safe vascular access 2016. Anaesthesia. 2016; 71(5): 573-85. https://doi.org/10.1111/anae.13360

Krempser P, Arreguy C, Parreira PM, Salgueiro A. Protocolo de enfermagem na prevenção de trauma vascular: bundle de cateterismo periférico em urgência. Rev. Bras Enferm. 2019; 72(6): 1589-95. https://doi.org/10.1590/0034-7167-2018-0457

Silva R, Arreguy C. Trauma vascular periférico em crianças: fatores relacionados pelo método de regressão logística. Rev. eletrônica enferm. 2014; 16(1): 117-24. https://doi.org/10.5216/ree.v16i1.20145

Periañez CA, Diaz MA, Bonisson PL, Simino GP, Barbosa MH, Mattia AL. Relação da ansiedade e da depressão pré-operatória com a dor pós-operatória. Texto contexto - enferm. 2020; 29: e20180499. https://doi.org/10.1590/1980-265x-tce-2018-0499

Lemos MF, Lemos SV, Barrucand L, Verçosa N, Tibiriça E. A informação no pré-operatório reduz a ansiedade pré-operatória em pacientes com câncer submetidos à cirurgia: utilidade do Inventário Beck de Ansiedade. Rev. Bras. Anestesiol. 2019; 69(1): 1-6. https://doi.org/10.1016/j.bjane.2018.07.004

Bierle DM, Raslau D, Regan DW, Sundsted KK, Mauck KF. Preoperative Evaluation Before Noncardiac Surgery. Mayo Clin Proc. 2020; 95(4): 807-822. https://doi.org/10.1016/j.mayocp.2019.04.029

Krogh E, Langer Á, Schmidt C. Therapeutic presence: its contribution to the doctor-patient encounter. J Contin Educ Health. 2019; 39(1): 49-53. http://doi.org/10.1097/CEH.0000000000000232

McCabe R, Healey PGT. Miscommunication in doctor-patient communication. Top Cogn Sci. 2018; 10(2): 409-424. https://doi.org/10.1111/tops.12337

Wolter RP, Walchelke J, Naiff D. A abordagem estrutural das representações sociais e o modelo dos esquemas cognitivos de base: perspectivas teóricas e utilização empírica. Temas Psicol. 2016; 24(3): 1139-52. http://dx.doi.org/10.9788/TP2016.3-18

Wolter R. The Structural Approach to Social Representations: Bridges between Theory and Methods. Psico-USF. 2018; 23(4): 621-31. https://doi.org/10.1590/1413-82712018230403

Alloubani A, Awwad M, Akhu L. Optimal Timing for Peripheral Intravenous Cannula Replacement. Open Infect. Dis. J. 2019; 11(1):1-6. https://doi.org/10.2174/1874279301911010001

Moscovici S. Representações Sociais: investigações em psicologia Social. 11ª ed. Petrópolis: Vozes; 2015.

Paula F, Oliveira JH, Santos SR. Representações sociais e sociedades. Lex Cult Revista do CCJF. 2018; 2(1): 10-27. https://doi.org/10.30749/2594-8261.v2n1p10-27

Braga L, Salgueiro A, Henriques MA, Arreguy C, Albergaria VM, Parreira PM. Peripheral venipuncture: comprehension and evaluation of nursing practices. Texto contexto - enferm. 2019; 28: e20180018. https://doi.org/10.1590/1980-265X-TCE-2018-0018

Publicado
2021-12-13
Cómo citar
1.
Dutra HS, Arreguy-Sena C, Cordeiro Ribeiro F, Muniz Braga L, Krempser P, Deleon de Melo L. Representações sociais de mulheres sobre cateterização venosa para procedimento anestésico-cirúrgico. Rev Cuid [Internet]. 13 de diciembre de 2021 [citado 29 de enero de 2022];13(1). Disponible en: https://revistas.udes.edu.co/cuidarte/article/view/1258
Sección
Artículos de Investigación

Artículos más leídos del mismo autor/a